Nas Coxias da Política Nordestina – por Marcelo Araújo

Bastidores, análises e opiniões sobre o universo político do Nordeste e do Brasil

0

Operação Transparência – Muita gente foi acordada pela Polícia Federal em Sergipe, nesta segunda-feira (22). Os agentes cumpriram 20 mandados de busca e apreensão, nos municípios de Aracaju, Nossa Senhora do Socorro e Propriá, além de São Paulo (SP), para investigar possíveis irregularidades em contratações com dispensa de licitação promovidas pela Secretaria de Saúde do Estado de Sergipe e financiadas com verbas federais. O montante envolvido nas contratações investigadas é da ordem de R$ 4,16 milhões. Parte desses recursos eram destinados ao enfrentamento da pandemia de Covid-19. O ex-secretário da Saúde e atual prefeito de Propriá, Dr. Valberto Lima  (MDB), foi um dos alvos.

A defesa – O prefeito de Propriá (SE), Dr. Valberto (MDB), tratou de esclarecer que foi surpreendido com a chegada dos policiais em sua residência no município de Propriá, mas que nada foi encontrado. “Disponibilizei, inclusive, meu aparelho telefônico, comprovando assim a minha tranquilidade, lisura e ética enquanto gestor público”, disse em nota. O médico destacou ainda deixou o cargo no dia 7 de maio de 2020.

BolsoNeto – O PT na Bahia deve adotar uma estratégia única visando eleição em 2022. Vai nacionalizar a campanha estadual e associar qualquer adversário ao bolsonarismo. O presidente estadual da legenda, Eden Valadares, já criou a figura “BolsoNeto”, unindo o Bolsonaro ao ex-prefeito de Salvador ACM Neto (DEM). Simples assim.

Pior do planeta – Inimigo declarado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), registrou a inauguração do quinto grande hospital definitivo durante a pandemia e atacou no Twitter. “Sua condução da pandemia é considerada a pior do planeta já levou mais de 500 mil brasileiros à morte”, escreveu, marcando o presidente. Enquanto isso, no Senado Federal, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), pai do governador, também não tem alisado em sua participação como relator da CPI do Covid.

Socialista – O governador do Maranhão, Flávio Dino, deixou o PC do B e foi oficialmente filiado ao PSB “com muita alegria e honra”, disse ele. Ainda não se sabe o papel dele na eleição do ano que vem, mas se não for escolhido para compor a chapa com o ex-presidente Lula (PT), o caminho poderá ser a disputa pela única vaga no Senado Federal. Em tempo, o deputado federal Marcelo Freixo (RJ) trocou o PSOL pelo PSB e vai disputar o Governo do Rio.

Será que derruba? – O pau quebrou em frente ao anexo II da Câmara dos Deputados. O confronto entre indígenas e a Polícia Legislativa teve direito a flechadas e pedradas. Bombas de gás lacrimogêneo foram utilizadas pelos policiais para dispersar os indígenas. A manifestação é contra a votação que ocorreria na CCJ, relacionada a uma proposta que trata da demarcação de terras indígenas. A reunião foi cancelada. O parecer à proposta foi apresentado na última quarta-feira (16) pelo relator, deputado Arthur Oliveira Maia (DEM-BA).

Uma pérola – “CPI só funciona com equipamentos do FBI pra provar mentira e verdade de quem pergunta ou responde”. A pérola é do senador goiano Jorge Kajuru. Mal sabe ele que grande parte de quem frequenta aqueles bancos só falam mentiras.

Inquietude – Quem mente mais na CPI do Covid?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Fale com a gente