Aberta as inscrições para 15 curso on-line para servidores do Poder Judiciário da Bahia

0

Magistrados e servidores interessados em realizar um dos 15 cursos on-line, selecionados pela Universidade Corporativa (Unicorp) do Poder Judiciário da Bahia (PJBA) e disponibilizados pelo Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores do Poder Judiciário do CNJ (CEAJUD), devem se inscrever por meio do Sistema de Educação Corporativa (Siec), disponível no site da Unicorp.

Os interessados nos cursos “Repercussão Geral: origens, inovações e sua aplicação ao Supremo Tribunal Federal” (25 horas); “Segurança da Informação: entenda os riscos e proteja-se” (13 horas); “Atualização Gramatical” (27 horas); “Introdução ao Direito Constitucional e ao Controle de Constitucionalidade” (19 horas); “Quando nasce um pai: orientações básicas sobre paternidade responsável” (8 horas), “Imunidades e Isenções Tributárias na Constituição e no STF” (27 horas); “Reflexões Sobre a Lei de Improbidade Administrativa” (19 horas); “O Emprego da Vírgula em 4 Lições” (20 horas); ou “A Lei Anticorrupção e o Processo Administrativo de Responsabilização: Teoria e Prática” (19 horas), devem se inscrever até o dia 26 de agosto.

Já os interessados nos cursos “Gestão da Qualidade” (10horas); “Metodologia de Análise e Solução de Problemas” (10 horas); “Saúde Mental e Trabalho no Poder Judiciário” (35 horas); “Conhecendo o Poder Judiciário e o Papel do CNJ” (5 horas); “Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento” (24 horas); ou “Comunicação Social, Judiciário, Gênero e Diversidade” (15 horas), têm até o dia 27 de agosto para se inscrever.

Faça aqui sua inscrição

As aulas ocorrem na plataforma de ensino à distância (EaD) do CEAJUD e estarão disponíveis durante o período de 31 de agosto a 27 de setembro. As orientações para acesso serão encaminhadas pela Unicorp após confirmação da matrícula.

Atualmente sob a direção-geral do Desembargador Nilson Castelo Branco, a Unicorp tem como objetivo a implementação de ações educacionais para a formação, o aperfeiçoamento e a valorização dos magistrados e servidores, com o propósito maior de criar uma cultura de aprendizagem permanente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Fale com a gente