Celso de Mello rejeita recurso e Abraham Weintraub irá depor hoje a Polícia Federal

Ministro da Educação é investigado por suposta prática de racismo contra os chineses

0

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou recurso no qual a defesa do ministro da Educação, Abraham Weintraub, investigado no Inquérito (INQ) 4827, pedia para ser inquirido em local, dia e hora previamente ajustados. O depoimento está agendado para hoje (4), na Polícia Federal, em Brasília.

Além de destacar óbices de natureza processual que impedem o acolhimento do recurso, o ministro explicou que a prerrogativa prevista no Código de Processo Penal (CPP) para autoridades é conferida, com exclusividade, apenas às testemunhas e às vítimas de crimes. No caso em questão, Weintraub é investigado por suposta prática de racismo contra os chineses em uma publicação no Twitter.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Fale com a gente