Justiça fixa fiança de US$ 1 milhão para policial envolvido na morte de George Floyd

0

A justiça americana arbitrou fiança de US$ 1 milhão de dólares com várias condições ou US$ 1,25 milhão sem elas, nesta segunda-feira (8), para que o ex-policial americano Derek Chauvin, envolvido no assassinato do afro-americano George Floyd, aguarde o julgamento em liberdade. O ex-agente permanece detido em uma prisão de alta segurança do estado de Minnesota.

Os outros três outros policiais envolvidos foram detidos e estão sendo processados por  cumplicidade. Todos foram demitidos do Departamento de Polícia no dia seguinte à morte

Chauvin foi filmado por cerca de 9 minutos, no último dia em 25 de maio, com o joelho contra o pescoço de Floyd, já algemado. Ele foi acusado na semana passada de homicídio em segundo grau, homicídio em terceiro grau e homicídio culposo.

A próxima audiência, que abordará os méritos do caso pela primeira vez, está marcada para 29 de junho.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Fale com a gente