Russia faz referendo para aumentar poder de Vladimir Putin

0

A Rússia iniciou, nesta quinta-feira (25), um referendo proposto pelo presidente Vladimir Putin, para alteração de sua Constituição. As mudanças já foram aprovadas pelo parlamento, com ampla maioria aliada ao governo. O referendo busca apoio da maioria da população russa para ampliar os poderes do presidente. A votação termina no dia 1º de julho.

Uma das principais mudanças permite que Putin concorra por mais duas vezes às eleições presidenciais no país, podendo permanecer no poder até 2036. Outro ponto polêmico é o poder de mexer no Judiciário, desde que obtenha a aprovação do o Conselho da Federação.

Os casamentos homoafetivos também estão na mira de Putin. Uma das emendas constitucionais estabelece que o casamento é uma relação apenas entre um homem e uma mulher.

De acordo com o instituto Levada Center, 44% dos russos apoiam as mudanças e 32% são contra. Outros 24% estavam indecisos em relação às propostas.

A contrapartida do governo é ampliar os benefícios sociais, como a proibição de que o salário mínimo do país fique abaixo da linha de pobreza e a proposta de estender a ajuda governamental a famílias com filhos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Fale com a gente