URGENTE: Sara Winter é presa pela Polícia Federal em Brasília

0

A ativista política Sara Winter acaba de ser presa temporariamente pela Polícia Federal, em Brasília. Ela já havia sido alvo de um mandado de busca e apreensão expedido pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. Winter é investigada, entre outras coisas, por disseminação de fake news e ameaças as instituições democráticas.

A prisão se deu a pedido da Procuradoria-Geral da República por conta das ameaças feitas pela ativista contra o Supremo Tribunal Federal. Winter fez ataques diretos ao ministro Alexandre de Moraes “A gente vai descobrir os lugares que o senhor frequenta, quem são as empregadas domésticas que trabalham para o senhor. A gente vai descobrir tudo da sua vida. Até o senhor pedir para sair. Hoje o senhor tomou a pior decisão da vida do senhor”, disse, em vídeo publicado nas redes sociais.

Em outro vídeo, a ativista fez diversos xingamentos direcionados ao ministro do Supremo.  “Os verdadeiros democratas somos nós, nós que estamos lutando pela tripartição do poder. Isso aqui é tripartição? Se isso aqui for tripartição, pega essa tripartição e enfia no seu cu, Alexandre de Moraes. Seu filho da puta, arrombado do caralho. Seu merda. Manda me prender, seu merda. Covarde do caralho. Nem homem você é, vou te ensinar a virar homem. Nem isso você é. Sua mãe deve ter vergonha de você”, bradou Winter.

Sua última publicação no Twitter, antes de ser presa, ela pediu aos seus seguidores para postarem a seguinte mensagem: “”IBANEIS BANDIDO E STF DITADURA COMUNISTA” E VAMOS VER SE PRENDEM 20 MIL PESSOAS!”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Fale com a gente