Voluntários tentam salvar centenas de baleias encalhadas na Austrália

Fonte: AFP

0

Ao menos 25 baleias morreram e mais de 250 estavam encalhadas em uma remota baía da ilha da Tasmânia, no sul da Austrália, anunciaram autoridades locais nesta segunda-feira (21).

O Ministério do Meio Ambiente do Estado da Tasmânia informou que os cetáceos ficaram presos em um banco de areia em Macquarie Harbour, uma baía fechada por uma passagem estreita na costa oeste da ilha.

Nic Deka, encarregado da operação de resgate, afirmou que dois grandes grupos desses mamíferos ficaram encalhados nos bancos de areia, separados por cerca de cem metros de distância, no interior da baía.

“Estão na água, mas é muito difícil ver quantos desses cetáceos estão mortos ou em qual estado se encontram”, declarou à imprensa, na cidade vizinha de Strahan.

Podem ser baleias-piloto, mas o Ministério do Meio Ambiente ainda não confirmou esta informação.

Os especialistas marinhos estão avaliando a situação, antes de lançar, na madrugada desta terça-feira, uma operação de resgate.

“Quando iniciarmos a operação amanhã, estaremos em maré baixa, o que nos é favorável. Mas, evidentemente, as marés sobem e descem e estamos buscando o melhor momento possível”, declarou Deka.

Mamíferos cetáceos ficam frequentemente encalhados nas costas da Tasmânia, mas desta vez é especialmente grave porque há muitos animais envolvidos.

Este fenômeno ocorreu poucos dias após uma baleia jubarte desorientada se perder em rios repletos de crocodilos no norte da Austrália.

A rede pública ABC informou que o cetáceo, que passou 17 dias no rio, foi visto em alto mar nas costas de Darwin.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Fale com a gente