Câmara decide manter prisão de Daniel Silveira; veja como votou cada deputado

0

Com 364 votos, a Câmara dos Deputados manteve, na noite desta sexta-feira (19), a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ). O parlamentar é investigado em um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) por fake news, calúnias, ameaças e infrações contra o tribunal e seus membros. Silveira está preso desde a última terça-feira (6), após divulgar um vídeo com duras críticas aos ministros do STF, defendendo o Ato Institucional nº 5 (AI-5) e a substituição imediata de seus integrantes.

Votaram contra o relatório 130 deputados. Apenas 3 se abstiveram.

Os deputados aprovaram o relatório da deputada Magda Mofatto (PL-GO), que recomendou a manutenção da prisão considerando “gravíssimas” as acusações imputadas ao parlamentar.  “É preciso traçar uma linha clara entre uma crítica contundente e um verdadeiro ataque às instituições democráticas”, disse a relatora.

De acordo com o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), a manutenção da prisão Silveira é um marco no comportamento do Legislativo e fortalece a harmonia entre os Poderes. “A harmonia está mantida por obrigação constitucional e por convivência entre os Poderes. Temos que ter calma, paciência, tranquilidade e manter o nível dos trabalhos sem os acotovelamentos como acontecia no passado”, afirmou.

Lira anunciou, ainda, a criação de uma comissão extraordinária pluripartidária para discutir propostas que regulamentem a inviolabilidade do mandato parlamentar. “Qualquer excesso tem que ser contido. Houve uma situação séria e sempre tratei com calma, mas me referindo como um ponto fora da curva, lateral e que teve um tratamento excepcionalíssimo e que não se repetirá”, disse o presidente.

Confira como votou cada deputado

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Fale com a gente