Lucas Ramos lidera maior política pública estadual de formação de pessoas nas habilidades de futuro, o programa Forma.AI

0

O Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), lança o maior programa estadual de formação de pessoas para as habilidades de futuro. O Forma.AI foi estruturado para acompanhar a alta demanda por profissionais nas áreas de Ciência, Tecnologia, Engenharias, Matemática e Computação (STEM+C, sigla para sua definição em inglês). Até 2022, serão beneficiados, diretamente, mais de 10 mil pernambucanos, entre estudantes técnicos, de Ensino Médio, de graduação e de pós-graduação, professores de Ensino Técnico e Superior, empreendedores, trabalhadores do setor privado e servidores públicos. Os projetos ainda alcançarão, indiretamente, outras 42 mil pessoas, em um investimento total de R$ 8,12 milhões.

“O Forma.AI é não só o maior programa de formação de pessoas nas habilidade de futuro já desenvolvido por Pernambuco. É o mais moderno. Após um amplo diagnóstico, identificamos os principais gargalos para atender a crescente demanda profissional da Nova Economia. Pensar em um programa estático, voltado para um único público-alvo, tornaria o Forma.AI obsoleto em menos de um ano. Por isso, construímos uma grande plataforma, com projetos específicos, mas plenamente adaptáveis às novas necessidades, que amplia a sinergia entre Academia e setores produtivos, e otimiza toda a expertise da Secti e de suas instituições vinculadas”, explica Lucas Ramos.

O Forma.AI é sustentado por sete projetos, desenvolvidos para atender as necessidades específicas de cada público-alvo. O modelo foi pensado para abarcar, com velocidade, a pluralidade de tecnologias habilitadoras exigidas pela Nova Economia. O programa será decisivo ainda para reduzir a evasão de profissionais pernambucanos qualificados, garantindo competitividade às diversas cadeias produtivas locais. Fazem parte do Forma.AI o Programa de Residências Tecnológicas (Resitec), o Programa de Extensão Tecnológica (PET) e o PET Social Code, os Negócios 4.0, o Programa.AI, o Prouni-Stricto, e o Train The Trainers.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lucas Ramos, destaca que o conceito do Forma.AI é de entregar aos pernambucanos uma política pública flexível, ágil e eficiente que possa acompanhar as transformações socioeconômicas, especialmente a demanda por profissionais qualificados em um mercado cada vez mais digital.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Fale com a gente